Big Data Marketing digital Net Promoter Score NPS
BIG DATA: O que é e por que você precisa conhecê-lo
25 de Abril de 2018
0
,

“Informação não é mais sinônimo de resolução de problemas. Muitas vezes, vira até sua causa. O excesso de informações pode ser tão ruim quanto a ignorância, dificultando a tomada de decisões e levando à paralisia”, já resumiu o psicólogo britânico David Lewis. Somos bombardeados com informações em grande quantidade, de todos os lados, diariamente. Sites, blogs, redes sociais nos abastecem de dados que, soltos, de nada servem. Aqui entra o Big Data: para organizar e interpretar informações, aplicando um novo conceito no uso de dados, mais adequado a esse momento de enxurrada de informações que vivemos. O resultado, para sua empresa? De posse da análise desses dados, você pode melhorar práticas, processos de trabalho, produção e atendimento para conquistar e fidelizar clientes de forma mais assertiva e em dia com o mercado conectado em que vivemos.

 

COMO O BIG DATA FUNCIONA

 

O Big Data ocupa-se dos chamados “3 Vs”: Variedade, Velocidade e Volume – uma tríade de ação da  informação, produzida de forma rápida e disponibilizada de maneira mais veloz que acaba resultando em uma quantidade gigante de dados que precisa ser digerida no detalhe para servir para algo – no caso das empresas, para surtir resultados satisfatórios de mercado, junto ao cliente.

 

 

DADOS ESTRUTURADOS X DADOS NÃO ESTRUTURADOS

 

Do ponto de vista mercadológico, os dados na internet são disponibilizados dois formatos:

Dados estruturados – são os fornecidos pelo analitycs, número de cliques, tempo de navegação, qual login social utilizado… Trata-se de 20% do volume de informação disponível na rede;

Dados não estruturados – todo o conteúdo espontâneo produzido pelos consumidores em blogs, posts, vídeos, áudios, comentários, curtidas… As mídias sociais revelam insatisfações, satisfações, desejos, necessidades. Informações aí captadas, cruzadas com dados internos de sua empresa, são analisadas e resultam em insights poderosos, através da análise correta e criteriosa. Trata-se de um conteúdo mais aberto, qualitativo, que representa 80% do volume disponibilizado de informações, e que precisa de outro nível de dissecação para ser tratado, medido, analisado.

O Big Data cruza uma infinidade de dados estruturados e não estruturados e, com trabalho de análise inteligente, armazena e interpreta, através de softwares de alto desempenho e de uma forma bastante rápida, as informações coletadas. O resultado é uma combinação de dados que pode alavancar o desempenho de uma empresa de qualquer segmento.

Portanto, a análise do Big Data torna-se mais completa pois utiliza também as informações passadas nas entrelinhas pelos consumidores em suas publicações na internet, suas ações e reações, extraindo o que eles estão dizendo sobre tudo o que a empresa faz e suas impressões sobre os serviços ou produtos por ela disponibilizados. Como resultado, sua empresa obterá informações mais detalhadas e pontuais, com análises precisas, que poderão contribuir de forma mais assertiva sobre novas atitudes e posicionamentos da empresa frente a processos, pessoas e resultados.

Quer saber mais sobre Big Data e como essa análise de dados pode auxiliar no melhor desempenho de sua empresa? Fique de olho nos posts do blog da POSTMETRIA e entenda tudo sobre o assunto!

1

About author

postmetria_admin

Items relacionados

/ Você talvez queira ver estes itens também

Detratores x promotores: de que lado seu cliente está?

“Informação não é mais sinônimo de reso...

Leia mais

Social NPS: métricas substanciais, para além do NPS tradicional

“Informação não é mais sinônimo de reso...

Leia mais

Data-driven: hein?!

“Informação não é mais sinônimo de reso...

Leia mais

There are 0 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *